..................

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Pergunto a todo mundo e ninguém me responde (Os Nonatos)



Pergunto a todo mundo e ninguém me responde
Se eu sair da sua vida, eu vou pra onde?
Pergunto a todo mundo e ninguém me responde
Se eu sair da sua vida, eu vou pra onde?

Meu porto seguro é o seu coração
Eu vivo à deriva longe desse porto
Não mate meus sonhos que eu não sobrevivo
Nem me mande embora, que eu não vou, nem morto!

Pergunto a todo mundo e ninguém me responde
Se eu sair da sua vida, eu vou pra onde?
Pergunto a todo mundo e ninguém me responde
Se eu sair da sua vida, eu vou pra onde?

Estou amarrado com laço sem ponta
Eu não me enxergo quando não lhe vejo
Não me feche a porta, que eu não abro mão
Eu aceito ordens, só não de despejo

Pergunto a todo mundo e ninguém me responde
Se eu sair da sua vida, eu vou pra onde?
Pergunto a todo mundo e ninguém me responde
Se eu sair da sua vida, eu vou pra onde?



Não me dê um fora que eu sangro por dentro
Não zombe de mim que eu choro de dor
Não me peça tempo que meu tempo é pouco 
Pra viver mudando de casa e de amor.
                                 ..

Um comentário:

  1. Olá!
    Foi um grande prazer conhecer seu blog.Aproveito meu tempo para navegar e ler textos e poemas feitos por pessoas que gostam de escrever.
    Que bom que você é uma delas.
    Grande abraço
    se cuida

    ResponderExcluir

Participe. Deixe seu comentário